Rota Berber


Todra abaixo

Dia 5, Todra. Começámos a progredir numa espécie de “canyon” de rocha alaranjada que se ia elevando ao nosso redor. A estrada variava de mais ou menos, a muito má. Ao lado desta passava um Oued por esta altura completamente seco. Deste, só se avistam os milhares de bocados de pedra ... Continuação


Os camelos ou domedários, ou o que é...

Dia 5, Merzouga. Cerca de meia-hora depois estávamos a subir ao dorso dos dromedários, numa caravana de sete ou oito pessoas. tudo bem aí? Os bichos têm um ar castiço, mas são de Luas. Não gostam de estar arreados e alguns protestam quando são incomoda... Continuação


Às escuras no deserto

Dia 5, Erg Chebbi. De regresso às montadas, uma quebra de “protocolo”. O Barradas já lhe tinha tomado o jeito, montou-se no animal e allé hop!... Em menos de um minuto o dromedário estava de pé pronto para as curvas do deserto. Ora o problema é que aquilo tem um procedimento. Assim que ... Continuação