Rota da Memória


A travessia

Dia 2, Barcelona O nosso camarote era acanhado mas suficiente, com três camas sendo duas de beliche. A casa de banho era toda revestida a plástico (ainda assim totalmente funcional) e tínhamos uma escotilha com vista para o mar. Largámos a tralha (o essencial, o resto ficou lá e... Continuação


Acostagem

Dia 3, Génova. Manhã posta, até não se dormiu mal... A costa é que estava longe ainda. Estávamos atrasados com certeza. Fomos tomar o pequeno-almoço (servido na mesma sala do jantar). Tivemos direito a um sumo, um café e um croissant. E dali seguimos para o balcão de inform... Continuação


É prá Gorica

Dia 3, Génova. E mais auto-estrada… Seria assim até ao fim do dia. Pelo tempo ser curto, excluímos a paragem em Veneza, o que é pena… Passámos mesmo ao lado… Fica para a próxima. Durante o caminho fomos sempre fazendo “grandes festas” aos camiões de matrícula portuguesa que enc... Continuação


Verdinho... E não é vinho

Dia 4, Nova Gorica. Na véspera tínhamos conhecido a proprietária e o seu marido. De manhã conhecemos a filha. Só faltou conhecer o cão, o gato já o tínhamos visto a rondar lá fora… gato lá do sítio (ou será gata? - Nova Gorica... Continuação


Típica gastronomia eslovena

Dia 4, Triglav. Parámos finalmente numa aldeola para almoçar, e aqui tenho de abordar o estranho fenómeno de que nos apercebemos: em termos de oferta gastronómica, parecia que não tínhamos saído de Itália… Pois… A quantidade de pizzarias que por aqui existe é impressionante, vide anormal…... Continuação