Serra Nevada sem neve


Dia 2, Tabernas.

Rapidamente alcançámos a montanha ladeando-a toda pelo lado Sul. O piso não era mau, a estrada suficientemente larga , a paisagem interessante e um traçado demoníaco.

p466479566-4

São curvas atrás de curvas, mais precisamente 130kms delas…

p157043584-4

Pelo meio atravessam-se umas quantas aldeias com jeitos muito semelhantes às dos Pueblos Blancos.

p917477028-5 p188603557-4

Parámos numa muito engraçada que fica enfiada num vale da serra, Trevélez

p348724400-4 p442021878-4

Fui comprar um “recuerdo” e quando voltei o Rui estava na amena cavaqueira com um casal inglês… O tipo ficou encantado com as Tigers e meteu conversa, ele próprio era proprietário de uma Triumph Sprint. Não demorámos muito ali, ainda tínhamos pelo menos mais 2/3 do trajecto para fazer.

p392384558-4

A meio parámos para o almoço noutra aldeóla, Ugijar.

p172753378-4

Menu para os três, não se comeu nada mal e não ficou nada caro.

p795818911-4

Depois mais um abastecimento e mais uns quilómetros.

Adiante parámos de novo num bonito miradouro onde se bateu umas chapas.

p580262945-4 p295198910-4

Quando chegámos à “ponta” da serra a paisagem começou a mudar, mais árida e desprovida de vegetação.

p448383227-4

Ao fundo já se via o deserto.

p277261599-4 p1064780065-4

E fizemos mais uma paragem…

p1036358923-4

Para tirar umas fotos.

p859664023-4

A partir daqui mudámos o rum para Norte em direcção à autovia A92 que atravessa o deserto de Tabernas. Não sem antes fazer uma deliciosa estrada de curvas largas e bem desenhadas pelo meio de um cenário que já nos fazia lembrar o Texas. Este tipo de estrada é aquele que mais me agrada, seguimos soltos, em segurança a curtir a estrada mas com concentração suficiente para também apreciar o cenário.

Não demorou muito até chegarmos à A92 e fazer a travessia do deserto.

p119847420-4

A hora estava boa, estávamos quase no destino e ainda não seriam 18h00.