Papar em Casares


Dia 2, Casares.

Ficámos na esplanada frente ao chafariz à sombra de um guarda-sol.

p2204961663-5

Estava bastante calor e o Rui resolveu pôr-se à vontade.

p2204961647-5

O sítio era giro e almoçou-se bem ali como se pode ver pela sobremesa.

p2205011711-5

E depois mais uma voltinha por ali e duas ou três fotos antes de abalar.

p2204961648-5

Gostei bastante de Casares, é um postal perfeito dos pueblos blancos.

p2204962510-4 p2204961651-4

E agora com o calor e de pança cheia ia mesmo saber bem fazer aquela estrada de novo até Gaucín... Se não nos sai o almoço pela boca a meio do caminho é uma sorte.

Com a moleza depois de almoço custou ainda mais fazer o regresso do que a ida... Mas bom lá chegámos ao miradouro de Gaucín.

E este é outra pueblo digno de nota, que se percebe bem pelas fotos.

p1505241932-5

Aqui uma grande panorâmica.

p1472026641-6

A vista a Sul também é qualquer coisa.

p2204977287-5

E daqui também se enxerga o "calhau" de Gibraltar.

p2204961645-5

E finalmente uma foto para a posteridade desde o "balcón" da serrania.

p1472026669-4

Gaucín segue o estilo mais genuíno dos pueblos blancos, casinhas brancas amontoadas numa colina com as ruínas de uma fortificação no topo.

Tinha um percurso todo delineado para passarmos lá dentro. Mas demorámos um bocado de tempo a mais em Casares e havia uma coisa que não queria absolutamente perder, o pôr do Sol em Ronda... De modos que cortámos a ida a Gaucín, ficámos pela vista à distância... O que não é necessariamente mau. Em locais que aprecio, gosto sempre de deixar um motivo para cá voltar.