Rota Transpirenaica

Lisboa/Pamplona/Gavarnie/La Vielha/Lisboa


Uma festa e um Cristo

Dia 1. A aventura começou efectivamente de véspera - passo a explicar. A data de partida estava definida para dia 8, o Rui estava de férias no Norte e só regressaria no sábado dia 7. Para dia 8, tínhamos pela frente uns ambiciosos 900kms até Pamplona. Uma boa estucha. mas nad... Continuação


A estucha

Dia 1. Tínhamos decidido passar a fronteira por Saucelle (mais a Norte), em vez de sair por Vilar Formoso. Isso permitir ia-nos fazer duas coisas - atravessar o Douro por Barca Dalva (magnífico local), e fazer parte da fantásticas curvas da N221 que às tantas ladeia o Douro a No... Continuação


Uma sopa dos pobres, se faz favor

Dia 2. Acordámos, rotina da manhã e arrumar malas. Tínhamos decidido tomar o pequeno-almoço pelo caminho. Hotel pago, motas carregadas, siga o caminho. **já preparados para seguir viagem. Saímos de Pamplona por fora, como entrámos, evitando o centro da cidade. O tempo estava inconstante com o céu a a... Continuação


O Pirenéu Gaulês

Dia 2. Ficámos na esplanada no exterior onde se encontravam duas jovens a terminar o almoço. Vinham carregadas as raparigas, com aquelas mochilas enormes de meter às costas. Estavam descalças e com os pés bem machucados, andavam a descobrir a região a pé… Sentámo-nos e aguardámos... Continuação


De Cols em Cols

Dia 2. Mais umas curvas a subir e finalmente o Col d’Aubisque (1709m). Local espantoso com algum movimento. Alguns turistas e ciclistas. Este é geralmente um ponto de passagem da prova de volta à França, pela subida dura que tem. Para além dos curiosos e dos amigos do pedal estavam por al... Continuação